PROJETO DE LEI 9323/17 CRIA O REGISTRO DE IDENTIFICAÇÃO DO DETETIVE PARTICULAR NA POLÍCIA FEDERAL

detetive-deputado-rogerio-peninha.jpg

Foi protocolado no último dia 13 de dezembro de 2017 o PL 9323/17 de alteração da Lei 13432/17 que determina a identificação e emissão de registro profissional do detetive particular pelo DPF – DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL.

A iniciativa foi proposta pelas principais entidades de classe ANADIP DO BRASIL e ADB através de seus representantes legais detetives Luiz Gomes e Venâncio Melo e teve como autor do projeto o Deputado Federal Rogério Peninha de SC.

Segundo os idealizadores o projeto de lei em questão visa dar segurança aos profissionais da área uma vez que atualmente não existe um controle de identificação dos mesmos junto ao poder público. Além disso, o registro e a identificação do profissional dará mais segurança para os clientes que contratam os serviços destes profissionais. Atualmente milhares de detetives atuam no mercado sem que as autoridades policiais saibam quem são esses profissionais que exercem uma atividade semelhante a atividade policial.

O tema do projeto foi debatido exaustivamente no I Seminário da categoria realizado em novembro de 2016 na cidade do Rio de Janeiro promovido pela ANADIP DO BRASIL com a presença de profissionais de vários Estados.

O texto do projeto de lei foi elaborado após consulta junto ao DPF que indicou o caminho a ser feito para a aprovação do mesmo informando no parecer técnico que outros países como na Espanha, por exemplo, os detetives particulares são registrados e fiscalizados pela Polícia Federal daquele País.

O PL 9323/17 encontra-se aguardando designação de relator na Comissão de trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP) na Câmara dos Deputados..

CLIQUE AQUI e conheça o texto do projeto.

 

Assista ao vídeo abaixo e conheça um pouco mais sobre o Projeto 

17 Replies to “PROJETO DE LEI 9323/17 CRIA O REGISTRO DE IDENTIFICAÇÃO DO DETETIVE PARTICULAR NA POLÍCIA FEDERAL”

  1. Vanderlei de sousa diz:

    Parabéns Luiz. Já era hora de ter ordem na classe REGISTRO NA POLÍCIA FEDERAL SIM

  2. Edmilson Ribeiro Morelis diz:

    E tão bom ajudar os demais profissionais.
    Pena que não sou registrado .

  3. Gilberto Pedro de Alcântara diz:

    Sou formado pela escola investg mais fiz um por essa escola e tenho tudo guardado e guero ser associado. Eguero trabalhar mais não ésozinho

  4. Flávio diz:

    Essa sim é de grande ajuda aos Detetives Particulares,…

  5. Eu Luiz santos detetive profissiona aqui apoiando o projeto maravilhoso para nos estamos juntos com a. Pf com o presinte desta categoria juntamente com os deputados para nós representar e defender este prejeto de lei13.432, bem como podemos trabalhar com dignidade,neste ano e sempre.aqui meu abraço, agenciando o passado para produzir o futuro.

  6. Ola queria me associar sou de Belém Pa já liguei e mt pro Telefone da associação Anadip mas não tive resposta pra confirmar o endereço e se esta na ativa ! sou Detetive

  7. Anderson Alves de Souza diz:

    Quero me filiar boa noite moro no estado de Minas Gerais tenho 43 anos e a turma investigação privada e desejo conhecer aprender filiar a este

  8. Dilon diz:

    Olá pessoal gostaria de dizer que a no estado do RS um Decreto: 37.299 qual autoriza o Deic a registrar e fiscalizar o Detetive particular , então busquem seus direitos de profissional (obs:) na última página do decreto onde diz Departamento de Polícia técnica logo abaixo está descrito todas as profissões , registradas e fiscalizadas p/ DEIC da Policia civil Gaúcha quero lembrar aqui é dizer que estou muito feliz com a nova Lei Federal 13.432/17 rapinadoras que vão arrumar trabalho ao invés de atrapalhar profissionais de verdade.

  9. Ola. caros colegas boa noite.
    Sou Detetive particular. e exerço a atividade desde 2005, Atividade esta que tem sido de suma importante na complementação da minha renda familiar. Responsabilidade, seriedade e ética tem sido o nosso objetivo principal, produzindo assim, um retorno com muito orgulho para mim e aqueles ao meu lado, especialmente aos que tem acreditado em nosso trabalho.
    To passando pra parabenizar a brilhante iniciativa desta comissão que, pensando em favor da classe, não tem medido esforços em discutir boas ideias que vem , não só favorecer aos profissionais , mas também em especial a sociedade que os procuram com o intuito de serem atendidos baseado no cumprimento dos deveres éticos.
    Portanto parabenizo a todos que estão envolvidos no esforço da aprovação deste PL 9323/17 especialmente na pessoa do SR, Luiz Claudio , Presidente da ANADIP

  10. Oi Dilon, vc quiz dizer o q, Quando diz “rapinadoras que vão arrumar trabalho ao invés de atrapalhar profissionais de verdade. ”

    Acredito que, não é pelo fato de uma minoria insignificante inseridos na classe a exemplo do que vimos no mês passado , onde alguém se vendeu ao crime, se com o objetivo de tentar denegrir a boa imagem ou não ; daqueles que procuram ser honestos com sigo mesmo, com a sociedade e acima de tudo com a justiça, não sei, mas sei que não é o tipo de comportamento que se tem pregado dentre a classe dos Detetives Profissional.
    Dilon , vamos ver a classe com bons olhos, acredito que se todos nós nos unir o brasil caminhará com mais fluides para melhor.

  11. Desculpe, nao é Luiz Claudio e sim, Luiz Gomes o presidente da ANADIP

  12. JOSÉ EDVAN DOS SANTOS diz:

    DETETIVE Profissional formado pela. Academia paulista de investigações Tuante sob registro 6.372-A de 22/10/90 A 10/03/2018Teve filiado A confederação Nacional dos Detetives do Brasil a 10/03/2019 matrícula 126.177.0101-BA

  13. Trabalho na Agência de DETETIVE profissional ERELI sob n.cnpj-n.29.224.018/0001.59-Período de 12 meses cargos DETETIVE Representante saida motivos. De Doença! !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  14. É de grande relevância o esforço que esses incansáveis mestres da inteligência privada tem dedicado para que a nossa nobre profissão de Detetive Profissional (Privado), tenha o devido reconhecimento que merece.
    Há mais de meia década que nossa profissão vem crescendo no anonimato, sem muita credibilidade. Mas, Graças à Deus, tudo está mudando e, enfim, vamos ser reconhecidos e respeitados, em nossa profissão, como o é, nos Estados Unidos e na Europa, onde esse importante profissional goza de profunda credibilidade, inclusive, entre órgãos federais como FBI, e outros departamentos policiais, tanto nos Estados Unidos, como na Europa.

  15. Carlos Roberto dos santos diz:

    Olá , colegas da classe , maravilhoso progeto de lei mas que facilite o nosso trabalho, parabéns amigos !!!!!!

  16. oberdan leite de souza diz:

    Tem que ser criado um conselho que fiscalize a atuação dos detetives no brasil

  17. oberdan leite de souza diz:

    na década de 50 quando as primeiras agencia dos detetives foram criadas no brasil, houve muitas persequicoes por parte da policia civil, alegação usurpa a função pública, eu não acho legal delega par a poilicia federal esta inculbencia de ficaliza a classe. temos que cria um conselho de disciplina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

scroll to top